Após comercial com casais gays, O Boticário sofre boicote e responde à altura

O Boticário causou polêmica e virou assunto nas redes sociais após divulgar recentemente a campanha de 2015 para o Dia dos Namorados. A peça publicitária aborda os mais diversos tipos de relacionamentos e conta com a participação de casais heterossexuais e homossexuais.

A campanha não agradou muitos clientes, que promoveram um boicote à marca. No Youtube, como forma de protesto, as pessoas estão clicando na opção “dislike” para o comercial. Até o início da tarde desta segunda-feira (1º/6), quase 60 mil pessoas haviam curtido o vídeo no site, contra 120 mil que haviam reprovado.

As “reclamações” também chegaram até ao site Reclame Aqui e a O Boticário resolveu responder os insatisfeitos com posicionamento firme, enfatizando o propósito da campanha: “abordar a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor”. Confira na íntegra uma das respostas da empresa:

O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha “Casais”, que estreou na TV aberta no dia 25 de maio, é abordar com respeito e sensibilidade a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor. Independente de idade, raça, gênero ou orientação sexual – representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista.

(Fonte: http://www.jornalopcao.com.br)

obticario-mulheres

Truck Make

IMG_5341

Na onda dos Trucks Foods, o segmento da beleza entra na estrada com Trucks. Em Trancoso, Bahia, no Quadrado, ao lado do Restaurante Capim Santo (30 anos em 2015), um Track Make é a novidade para turistas. Tudo isso impulsionado por um mercado crescente de casamentos. É moda casamento em Trancoso, grandes produções à beira mar do Quadrado.

make

 

Latas de Coca-Cola com Nomes em Braille

A Coca-Cola acaba de levar a campanha “Share to Coke” também para deficientes visuais através de uma máquina que customiza as latas com o alfabeto Braille. A iniciativa aconteceu em parceria com o Comité Internacional ProCiegos, na Cidade do México. Criada pela agência Anonimo, a máquina instalada no cinema da fundação pode ser usada por mais de cem estudantes cegos que, pela primeira vez, puderam ler seus nomes nas latinhas. As latas em Braille foram criadas especialmente para esta ação e, por ora, não serão comercializadas. (Fonte: www.gironews.com)

size_810_16_9_coca-cola-braille

Café com Leite de Rosas

A nova marca do Leite de Rosas foi desenvolvido pela agência de design Hardcuore em 2014, como parte das comemorações dos 85 anos. No dia 4 de maio de 2015, um novo site irá entrar no ar, marcando oficialmente o novo posicionamento da empresa, na busca da ampliação do público-alvo para consumidores mais jovens, sem perder a história tradicional da empresa de 86 anos.

E como fala o Marcele Jeneci na canção Café com Leite de Rosas (Álbum Feito Pra Acabar – 2010): “[…] depois das 2 horas vou tomar café com leite de rosas […] vou convidar você para tomar café com leite de rosas […]”. Notoridade espontânea de marca.

Leite

Antiga e nova marca do Leite de Rosas

HISTÓRIA

Tudo começou em 1929 quando Francisco Olympio de Oliveira, um seringalista do Amazonas de 52 anos, se mudou para o Rio de Janeiro com a esposa e uma ideia: criar um produto que pudesse exaltar os traços marcantes da mulher brasileira. Um amigo farmacêutico ajudou-o no desenvolvimento da fórmula de uma loção branca perfumada que se tornaria um ícone da beleza feminina, batizada como Leite de Rosas. Em sua própria casa, no Bairro de Laranjeiras, zona sul da cidade, Francisco e a esposa produziram e embalaram as primeiras unidades do novo produto. Para não incomodar a vizinhança, ele fechou as caixas de madeira usadas para despachar a mercadoria, martelando-as somente na hora em que o bonde passava. O primeiro registro, datado de 1929, confere à empresa F. O. de Oliveira, o direito de produzir e comercializar o Leite de Rosas (Fonte: http://mundodasmarcas.blogspot.com.br/2009/09/leite-de-rosas.html).

VEJA TAMBÉM

A Páscoa, também, vai de táxi

A ação de Páscoa da 99Táxi e Nestlé:

Olá, a páscoa está chegando!

Adoramos a época mais doce do ano. Para entrar no clima a 99Taxis e a Nestlé querem te levar a uma experiência mágica: Entre os dias 09 e 27 de Março, ao pedir um táxi pelo aplicativo da 99Taxis você poderá ser surpreendido com um “Táxi Coelho”: que te levará ao seu destino sem cobrar nadinha e no caminho você pode ir comendo um ovo Kit Kat Nestlé! Veja as fotos do “Táxi Coelho” e saiba mais da ação no Facebook da 99Taxis. #selfiedapascoa #Pascoa99

A Equipe99 te deseja boa sorte e boas (e saborosas) festas.

carro

99

Sampling Machine na Paulista

A Kibon, em parceria com a Otima, montou uma sampling machine em um ponto de onibus da Avenida Paulista (São Paulo), onde os pedestres podem experimentar o lançamento do novo Fruttare Mousse de Morango. Digitando o número do CPF no equipamento, o sorvete é disponibilizado gratuitamente. A ação foi desenvolvida pela agência Borghi/Lowe.

Maquina3

Pedro, a latinha “mocinho”

pedro1

No capítulo de 4a feira, 11/03, da novela Imperío, o personagem José Pedro (Caio Blat) tomou uma Coca Cola antes de entrar na casa da meia irmã Cristina (Leandra Leal).

Na 5a feira, 12/03, foi a vez do Maurílio (Carmo Dalla Vecchia) jogar a latinha fora, alegando que a impressão digital do Pedro estava na lata. A esta altura, já havia um embrião de um merchandising inteligente inserido na trama dos últimos capítulos da novela.

Na 6a feira, 13/03, o mistério foi revalado. A latinha, até então nas mãos dos vilões, assumiu seu papel de “mocinho” e salvou o Comendador (Alexandre Nero) do vilão Maurílio.

A lata personagem fazia parte da excelente campanha da Coca Cola, com nomes impressos, neste caso Pedro, por isso, entrou na cena no dia 11 (qualquer vilão também tem sede e pode apreciar Coca Cola), foi descartada em frente ao cativeiro da Cristina, encontrada ao acaso pelo mega fiel motorista Josué (Roberto Berindelli), que em momento posterior usou o Pedro latinha da Coca Cola para desviar a atenção do vilão Maurílio e abrir caminho para o tiro certeiro do Comendador, liquidando o distraído vilão.

Perfeito!