HISTÓRIA DA PÁSCOA: DA DEUSA EOSTRE AO OVO DE CHOCOLATE

image1

Sem intenção de esgotar o tema, o volume I do e-book História da Páscoa: da deusa Eostre ao ovo de chocolate, buscou reunir informa- ções sobre a história que nos levou ao primeiro ovo de chocolate ofi- cialmente registrado na história do cacau e do chocolate, lançado em Bristol, em 1873, pela empresa britânica J. S. Fry & Sons, tornando-se quase 150 anos depois o maior símbolo comercial da Páscoa.

Ovos e coelhos são símbolos modernos da Páscoa cristã, provavel- mente ressignificados dos cultos pagãos da mitologia nórdica da deusa Eostre, pelo papa Gregório I, no século XII.

A Páscoa judaica, Pessach, significa “passar por cima”, referência aos primogênitos dos judeus salvos da 10a praga proferida por Deus ao povo do antigo Egito. Também celebra o êxodo até a terra prometida de Canaã e mantém acesa a lembrança da escravidão vivida pelos judeus no Egito, como forma de não repetição no futuro, uma celebração à li- berdade. A Páscoa cristã, romana e ortodoxa, com suas origens e tradi- ções herdadas do Pessach, representa a ressurreição de Jesus Cristo, a passagem da morte para a vida, razão pela qual também está associada à ideia de “passagem”.

O uso do chocolate nas festividades da Páscoa tem sua licença his- tórica nas discussões entre eclesiásticos e leigos, que duraram mais de dois séculos e meio, para se entender se o produto, originário da Nova Espanha, atual México, quebrava ou não o jejum da Quaresma.

O volume II do e-book, a ser lançado em 2022, irá abordar a história da Páscoa moderna a partir da produção do primeiro ovo de chocolate, com destaque especial à Páscoa brasileira.

O E-BOOK ESTÁ DISPONÍVEL PARA BAIXAR NO LINKE ABAIXO:

História da Páscoa – Jumar SPedreira

Crema Baci

crema-caratteristiche

O famoso bombom de chocolate Baci, conhecido pelo sabor de avelã e os bilhetinhos de amor, lançou na Itália um versão cremosa para concorrer diretamente com a Nutella, o CREMA BACI. O novo produto da Perugina, hoje de propriedade da suíça Nestlé, faz parte das comemorações, em 2022, dos 100 anos do histórico bombom. O novo CREMA BACI promete os mesmos ingredientes do bombom (chocolate e creme de avelã com pedacinhos de avelã picadas), a não utilização de óleo de palma, zero glúten e o famoso bilhetinho romântico.
 
Durante a pandemia, a venda desse tipo de produto aumentou em 50%, enquanto a Nutella registrou um crescimento de 70%.
ingredientes-involucro-baci-leite 
 

Mistura para Bolos União

big

Mais uma grande extensão de marca para novas categorias de empresa centenária: Mistura para Bolo União. A marca é sendo composta por três linhas. Favoritos da Casa, nos sabores laranja, baunilha, coco, cenoura e fubá, Sabores Irresistíveis, com misturas de chocolate, pão de mel e brownie e Delícias Integrais, que traz os sabores banana e maçã com canela e é a única no mercado que conta com açúcar demerara e farinha integral na composição das receitas. As embalagens estão disponíveis em 400g, exceto fubá (450g) e brownie (480g).

Maizena – Grão do Bem

1132347-familia-maizena-graos.png.rendition.1960.1960A Maizena, marca tradicional de 120 anos, lançou nova linha de produtos voltada à saudabilidade. “Grãos do Bem” é composta por mix e barras de cereais, cookies e biscoitos integrais, trazendo cereais importantes na atual alimentação saudável,  quinoa, chia, amaranto e linhaça, além de trigo e milho.

Coca Cola Clear

e9b49048-d89d-43a0-b740-8cfb4dff87f5-coke-clear-hero

Parece água, mas não é. É Coca-Cola mesmo. Acredite! A nova versão para o refrigerante, chamada de Coca-Cola Clear, chegou ao Japão esta semana, sem cor e com zero caloria, mas com a promessa de muito sucesso num mercado em que as bebidas transparentes viraram moda.

O lançamento foi divulgado pelo site “Japan Today”, que testou o refrigerante em primeira mão. De acordo com a publicação, a versão Clear tem quase o mesmo sabor da bebida tradicional. Mas o lançamento tem um leve toque cítrico que, segundo quem o experimentou, garante um tom mais refrescante.

A Coca-Cola transparente é também menos doce, por não ter caramelo em sua fórmula. Aliás, o ingrediente é o que dá a cor marrom à versão original. De acordo com informações do rótulo da garrafa Clear, a bebida tem 1% de suco de limão em sua composição, o que tornaria o sabor parecido com o da Coca-Cola de limão dos Estados Unidos.

A ideia da bebida transparente partiu da sede japonesa da empresa. A nova fórmula, porém, foi desenvolvida na sede dos Estados Unidos e levou um ano para ser finalizada.

Por enquanto, o refrigerante transparente será comercializado apenas no mercado japonês. A explicação? A indústria de lá tem cada vez mais investido em bebidas que não parecem refrigerantes. Não há, portanto, previsão de chegada ao Brasil. Para experimentá-la, é preciso voar para o outro lado do mundo.

Ref: Jornal Extra

coca-cola-clear*750xx528-297-0-2

Lançamento – Coco Aminos

O Coco Aminos é um molho vegano substituto do molho Shoyu, reduzido em 50% sódio, sem soja, zero lactose, zero glúten, contém aminoácidos, sem adição de conservantes, corantes e aromatizantes.

AF-3D-COCO-AMINOS-SIMPL

LANÇAMENTO – NÉCTAR DE COCO

O Néctar de Coco Copra é extraído da seiva da flor do coqueiro, um excelente substituto para o mel ou uma alternativa ao agave. É um adoçante líquido saudável, sem adição de conservantes, corantes e aromatizantes. É um produto natural e delicioso. Rico em nutrientes, não refinado e com baixo índice glicêmico, vegano e não-transgênico. Pode ser usado em receitas quentes e frias ou no seu lanche favorito. Uma porção de 15ml (1 colher de sopa) equivale a 57 calorias.

AF-3D-NECTAR-COCO-AJ1

Cervejaria Urbana Lança Cerveja com Lactose

A Cervejaria Urbana lança a Teta, cerveja do estilo Milk Brown Ale. Segundo a companhia, elaborada com malte de cevada, lúpulo e lactose, a cerveja ainda conta com flocos de milho e tem final levemente adocicado. “Há muito tempo esperávamos a liberação do Ministério da Agricultura para fabricarmos esta bebida”, conta André Cancegliero, sócio-proprietário da Cervejaria Urbana. De acordo com Cancegliero, a bebida também possui café e chocolate e não é enjoativa. Com 6,9% de teor alcoólico e amargor na casa dos 40 IBUs, a lata de 473 ml chega aos pontos de venda pelo preço médio de R$30. Inicialmente, serão produzidos 1,8 mil litros da artesanal, que, por exigências técnicas, será classificada como bebida alcoólica mista.

Fonte – gironews.com

596baea0-dbc7-4a52-9e5d-fb02fdc2accc_teta1

Ícones que Marcam

Dia 16 de novembro, as 19 horas, no Centro Cultural da FIESP (Av. Paulista, 1.313).

Lançamento da exposição Ícones que Marcam. Na mesma ocasião será lançado um livro com o mesmo nome. O texto é do Evandro Piccino e as fotos são do Giacomo Favretto.

capacapa-vermelha-1